Centro Administrativo de Belo Horizonte

O projeto foi fundamentado principalmente na questão simbólica desta edificação e sua relação com o espaço urbano de BH. O edifício, através de sua volume- tria e seu desenho, marcará a paisagem urbana e reforçará seu caráter, ou seja, espaço que abrigará a Prefeitura Municipal de Belo Horizonte.

Partido Arquitetônico

1 Respeito as visuais da Av. Afonso Pena no sentido Terminal Rodoviário, assim como dos elementos tombados descritos no Edital;

2 Criação de uma praça/esplanada pública, na qual as atividades urbanas poderão ser desenvolvidas sem afetar os serviços burocráticos da Prefeitura Municipal;

3 Criação da torre exclusiva para os serviços burocráticos internos da Prefeitura. O desenho desta torre, dinâmico, será o grande elemento emblemático arquitetônico;

4 Nos subsolos a baixos da esplanada proposta encontram-se os serviços de a atendimento principalmente ao público externo, facilitando assim sua circulação e evacuação em caso de emergência;


Também nos subsolos foram colocados todos os demais espaços destinados as áreas técnicas, acessos de serviço através de via própria, assim como as garagens rotativas e exclusivas da Prefeitura;

5 Foram mantidos os espaços necessários para a estação do metrô conforme estabelece o Edital;

6 E a interligação espacial com todos os pontos urbanos estabelecidos no Edital e postos como exigência programática, foi proposta através da grande passarela peatonal com caráter de bulevar.

7 Esta passarela está posicionada em nível superior as vias, facilitando assim a circulação de pedestres e sua interligação com todo o espaço urbano de seu entorno sem conflitos com o sistema viário existente;

8 As tecnologias adotadas, predominantemente em aço e concreto, são utilizadas no apuro de seu potencial tecnológico como materiais de construção;
Ficha técnica

Local: Belo Horizonte - BH
Cliente: Prefeitura de Belo Horizonte
Data do projeto: 2014
Área de projeto: 14.000m²
Equipe: Sérgio Roberto Parada Arquitetos Associados - Sérgio Parada e Rodrigo Biavati (autores), Filipe Miranda (coautor)
Projeto desenvolvido em coautoria com Estúdio MRGB

Cliente: Prefeitura de Belo Horizonte
Tipologia: Institucional
Construção: 14.000m²
Belo Horizonte/BH - 2014