Espaço Cultural e Social Paineiras

O projeto privilegia a natureza do local, explorando a vista para o lago, as áreas verdes e o declive natural do terreno. A integração dos espaços externos e internos cria uma arquitetura leve e solta, valorizada pelo jogo de luz natural que penetra em seu interior, tirando partido da plástica da dinâmica da luz.

A intenção é que a arquitetura marque o caráter de “espaços destinados à cultura”, por sua escala e pela integração ao sítio onde será edificado, aproveitando ao máximo os recursos que a natureza oferece - a luz, a ventilação e a paisagem.

O conjunto é composto por três blocos bem definidos: o Bloco de Multiplo-Uso, caracterizado pela edificação existente que será adaptada para abrigar o grande salão de eventos, administração e salas de worskhops e seminários; o Bloco Cultural, espaço de agregação de pessoas, composto pela praça coberta, auditórios, café e livraria; e o Bloco de Restaurante e de Serviços, que pode funcionar independente das atividades do Centro Cultural.

Completando o conjunto arquitetônico, o tratamento paisagístico de toda a área valoriza a obra. Passeios à beira do lago com local de contemplação, a criação de bar e sanitários sob a laje do deck superior e um pier dá alternativas para os usuários do local a terem momentos de entretenimento e lazer.

Local: Brasília - DF
Cliente: Privado
Data do projeto: 2006
Área do Projeto: 9.547m²
Equipe: Sérgio Roberto Parada Arquitetos Associados; Sérgio Parada (autor), Rodrigo Biavati e Rodrigo Marar (co-autores), Carlos Fábio Fernandes (colaborador)
Imagens: Matheus Carvalho

Cliente: Privado
Tipologia: Cultural
Construção: 9.547m²
Brasília/DF - 2006