Kartodromo do CAVE

O conceito arquitetônico adotado para o novo kartódromo do CAVE tem o objetivo de implantar uma nova estrutura para receber competições internacionais e promover, com excelência, a prática do kart indoor. Para isso, a pista de corrida foi ampliada para 1.200 metros, sem alterar as principais características do seu famoso traçado, e os quesitos de segurança foram implantados segundo as normas estabelecidas para este tipo de competição. As edificações que abrigam os boxes e toda a infraestrutura necessária foram dispostas paralelamente à reta oposta em um grande platô aproveitando a área central do terreno. Estas edificações estão dispostas linearmente em 3 corredores permeados pelas pistas dos boxes, abrigando de forma racional todas as atividades necessárias para a prática do esporte.

A área de competição e treino possui três acessos controlados, sendo um veicular e dois para
pedestres. Como o kartódromo será usado para o kart indoor, suas atividades foram concentradas próximas ao acesso principal, de modo a reduzir e facilitar o controle do público na área interna do circuito e minimizar os custos com iluminação e segurança na área dos boxes. Para garantir o transito do público durante os dias de corrida, uma passarela suspensa interliga a área dos boxes garantindo segurança e acessibilidade ao local.

A fim de tornar o novo kartódromo um local para receber grandes eventos automobilísticos, bem como um ponto de encontro e lazer dos amantes do esporte, a nova área dispõe também de restaurantes, estacionamentos, lojas e oficinas especializadas para o entretenimento do público.

O conceito arquitetônico também se baseia no uso racional da área e nos preceitos da sustentabilidade. As áreas destinadas aos restaurantes formam platôs, que se acomodam na topografia natural do terreno, e que são interligados por calçadas rampadas. Todas as coberturas possuem sistema de coleta da água da chuva para reuso na irrigação dos jardins e na limpeza. Pensando em diminuir o uso de energia elétrica, placas fotovoltaicas estão instaladas nas coberturas e geram energia para a iluminação dos espaços públicos dentro do kartódromo.

Local: Distrito Federal
Cliente: Privado
Data do projeto: 2017
Área do projeto: 5.978m²
Equipe: Rodrigo Biavati (autor), Matheus Carvalho, Caio Monteiro e Ingrid Lopes (colaboradores)
Imagens: Matheus Carvalho

Cliente: Privado
Tipologia: Institucional
Construção: 5.978m²
Guará/DF - 2017