Casa Lago Sul QI 25

Projeto elaborado para uma família jovem, com dois filhos ainda crianças, em terreno situado na QI 25 do Lago Sul em Brasília. Para atendimento do programa estabelecido, a residência tem 808m², distribuída em três níveis no terreno, adequando-se a topografia do local.

O projeto valoriza o acesso à residência, criando um espaço jardim de recebimento das pessoas, respeitando assim o espaço público, pois além de visível da rua, esta praça interna da a continuidade espacial entre o público e o privado.

A composição da residência valoriza os volumes definidos pelos seus usos, ou seja, íntimo, serviço, social e lazer. Todas estas funções são diretamente conectadas com a área social, caracterizada neste projeto como o “cuore” da residência.

A interligação espacial interior e exterior, e a valorização das vistas para a cidade de Brasília são dados que o projeto rigorosamente obedeceu em sua concepção.

Toda a estrutura principal da edificação é em concreto armado, seu revestimento em emboço rústico dá à textura desejada, e a área social, com pé direito duplo, está protegida da insolação através de um grande painel em aço perfurado, filtrando a luz solar e a noite, com a iluminação artificial, valorizando a volumetria construída.

Os três níveis da edificação estão compostos pelos serviços no subsolo; social, lazer e hóspedes no térreo e íntimo no mezanino.

Local: Brasília - DF
Cliente: Privado
Data do projeto: 2008
Área Construída: 808 m²
Área do Terreno: 1.320 m²
Equipe: Sérgio Roberto Parada Arquitetos Associados; Sérgio Parada, Rodrigo Biavati e Rodrigo Marar (autores), Rafael Moura (colaborador)
Fotos: Haruo Mikami e C.B. Aragão

Cliente: Privado
Construção: 808 m² | Terreno: 1.320 m²
Brasília/DF - 2008